Desafio BR 101 – O inesperado muda vidas.

O início aconteceu no dia 1º de dezembro, em Touros, no Rio Grande do Norte, o ‘marco zero’ da rodovia que corta o País. ‘Até a cidade Vitória/ES (dia 15/12), são 2.453km de BR-101, em que pedalamos boa parte, com exceção de alguns imprevistos, contratempos e encontros inesperados, que contamos com a ajuda de amigos com algumas caronas, isso por conta de questões de saúde e segurança, pelos trechos da estrada em obras e atender as pessoas que têm se mobilizado para nós ajudar a divulgar o projeto", conta Rosi que segue fiel ao cronograma para chegar no dia 30 de dezembro em ‘São José do Norte’, no Rio Grande do Sul.

"Nosso objetivo maior é arrecadar doações para as mais de mil crianças beneficiadas. Pedalar na BR-101 também é um desafio pessoal, que estamos superando diariamente", conta Rosi que tem surpreendido com a receptividade das pessoas ao projeto.

————————-

Como ajudar
Para participar dessa corrente do bem e ajudar cerca de mil crianças, de 3 instituições, você pode doar qualquer quantia através do aplicativo AME: https://www.ame.plus/pague/46MWFjEsmNlbmdAqhtpMjB

Ou via conta bancária jurídica do Desafio da BR 101:

Rosilene de Melo Oliveira ME
CNPJ: 29.761.787/0001-96
Banco Bradesco
Agência: 1387
Conta Corrente: 42233-9
Os valores arrecadados serão divididos e doados integralmente a três instituições:

AACC/MS – Campo Grande/MS, que atende cerca de 600 crianças;

Escola Ensino Fundamental Betel Gabú – Missão Gabú/RGB/África com cerca de 500 alunos;

Escola Pública de Ciclismo Marlus de Souza Freitas – Parque Ayrton Senna, que atende 50 crianças.