Até o último segundo

Quando encaramos um desafio, estamos nos dispondo a enfrentar uma nova jornada. Temos ideia de onde podemos chegar e temos os nossos desejos, mas estamos longe de ter a certeza do que realmente pode acontecer. A jornada é o futuro improvável, que só se torna possível depois que acontece. A jornada é a incerteza de fazer o que sentimos ser o certo.
Qualquer grid de largada é um prato cheio de incertezas. Nessa história, um pouco mais do que um prato…Seriam 7 dias e 600 Kms de "tudo pode acontecer” ou, por ironia do destino, "tudo que não podia acontecer".

Estratégia pronta, bike pronta, pernas prontas e expectativas lá em cima, e no primeiro segundo um link da corrente quebrado. O que fazer? A resposta é: depende. Depende de quem você é. Nesse caso, a escolha foi seguir e aceitar que isso era parte do que estava por vir.

"Tudo aconteceu do jeito que tinha que acontecer, às vezes não é tão fácil perceber, mas no fim isso ficou muito claro para nós” – Gustavo Xavier

Gustavo e Alex eram a dupla mais jovem a competir no Brasil Ride e tinham a missão de surpreender. Foi isso que fizeram com muita maestria e com a classe que poucos atletas da elite mundial possuem.

"Isso foi o que aconteceu para a gente ter a oportunidade de fazer o que a gente fez” – Alex Malacarne.

Ficha técnica

Direção: Romulo Cruz
Edição: Fernanda Dapper e Romulo Cruz
Cenas: Nataniel Giacomozzi, Gabriel Moraes, Pedro Miorim, Matheus Ferraz, Marcelo Catalan e Romulo Cruz.